by Google Translate
O que os seus pets podem te ensinar sobre aprender inglês

Seus amigos podem te ensinar muito sobre a jornada de aprender um idioma

Você, cat lover, dog lover, ou até quem se encaixa nas duas categorias, com certeza sabe que já aprendeu inúmeras lições com o seu pet, não é? Mas hoje vamos falar um pouquinho sobre como seu amiguinho ou amiguinha pode inspirar (e melhorar) sua jornada de aprendizagem de idiomas, como o inglês, que a gente sabe que você tanto quer aprender.

Confira aqui uma lista para te ajudar a refletir:

  1. Seus pets com certeza têm uma rotina regradinha. Se você acompanha os conteúdos sobre inglês que sempre publicamos aqui na Exame, já sabe o quanto o hábito é essencial para aprender. Repetições e consistência fazem toda a diferença. Inspire-se no pet que você tanto ama.
  2. Diversão! Não importa a idade, a gente sabe que nossos pets AMAM brincar e fazem isso sempre que possível. Aqui está mais uma ideia que devemos copiar: buscar maneiras de trazer a diversão para o aprender. Isso faz com que o hábito venha muito naturalmente. O que te diverte na aprendizagem? Faça mais disso!
  3. Seu gatinho ou seu cachorrinho são ótimas companhias de estudo. Naqueles momentos “relax”, eles ajudam a criar um ambiente mais calmo e de concentração. Aproveite a companhia deles e faça carinho nos intervalos.
  4. Você pode consumir conteúdos divertidos sobre pets em inglês. Assim já treina e dá muitas risadas nesses momentos descontraídos. O que não falta por aí são vídeos de gatinhos e cachorrinhos em suas aventuras e artes.
  5. Você pode usar as IAs para criar imagens de seus pets (com o Bing e com o Remini, por exemplo), escrevendo as descrições em inglês. Pode também pedir que a tecnologia nova do Google (Gemini, no Bing), veja as imagens dos seus bichinhos e as escreva em inglês. Tem muita coisa incrível que você pode fazer, se divertindo no processo.

Aqui o exemplo criado com o Bing a partir de um comando bem simples (“create a pixar style dog and a cat, being cute and next to a computer and a book”):

Você pode criar seu pet com características específicas, e treinar inglês assim.

Espero que essas dicas te inspirem e tragam muito amor para o seu processo de aprender inglês (e outros idiomas também)!

Dedico este artigo com todo carinho e saudade do mundo à minha gatinha Fini, que virou estrelinha este mês.