by Google Translate
O Desafio dos 5 aos 15

 

Janeiro é o mês universal das novas resoluções. Assim como Dezembro é o momento de olharmos para o ano que passou e fazermos ajustes de rota para o seguinte, Janeiro é quando, em tese, começamos a colocar as coisas em ação. Mas como estamos no Brasil, e por aqui muita gente só inicia o ano de fato após o carnaval (será que eu estou nesse grupo?), ainda estamos em tempo de planejar os objetivos para os próximos meses, mesmo que já estejamos nos despedindo do primeiro mês do ano. Agora só faltam 11, diria o velho lobo Zagallo.

E já que estamos nesse período mágico de mudanças, hoje eu não quero te dar dicas de inglês especificamente, mas te propor um desafio para que você comece o ano incorporando um novo hábito à sua rotina. E se esse hábito for o estudo do inglês, tanto melhor.

Há quase 1 ano, escrevi sobre como podemos fazer um desafio de 30 dias para nos tornarmos melhores (ou “menos piores”) em algo. Você pode ler esse artigo clicando aqui. Só que para evoluirmos, seja durante 30 dias, seja durante 1 ano inteiro, precisamos de consistência e regularidade. O difícil não é estudar, o difícil não é fazer a tarefa, o difícil é se comprometer a parar o seu dia por alguns minutos para fazer isso, todos os dias.

“Mas quantos minutos por dia eu preciso estudar?”, você pode estar se (ou me) perguntando. A resposta é simples: não sei. Sua carga de estudos ideal depende de diversos fatores e eu não posso me atrever a defini-la sem conhecer o seu cenário, a sua realidade e as suas necessidades. Mas eu posso – e vou – te dizer que você pode começar com 5 minutos por dia. E eu também vou pedir licença para afirmar que eu tenho certeza que você tem 5 minutos por dia disponíveis. E você sabe que tem!

Um grande erro ao montar um cronograma de estudos é se propor um tempo de dedicação diária irreal. Muitos alunos novos me dizem que vão se organizar para estudar 1 hora por dia. Não vão, e na mesma hora eu peço para que esqueçam isso. Eu não quero que meus alunos estudem 1 hora por dia porque isso é insustentável para a grande maioria, senão a totalidade deles. Trabalho, família, saúde, descanso adequado… a maioria não tem 1 hora por dia para dedicar ao inglês, e tudo bem. Por isso eu quero que meus alunos estudem poucos minutos, mas de forma consistente e regular. Todos os dias por 5, 10 ou 15 minutos. Até que o estudo se torne um hábito automático e, com o tempo, cada um vá ajustando o tempo de estudos de acordo com sua agenda do dia.

Só que para chegar nesse ponto ideal do hábito automatizado, a gente precisa começar de forma leve e regular. E é aqui que eu quero propor o Desafio dos 5 aos 15.

Você talvez já tenha ouvido falar que precisamos de 21 dias para que algo novo se torne um hábito. Essa teoria se popularizou depois de ser bem explorada por Charles Duhhig no livro “O Poder do Hábito”. Particularmente, acho difícil definirmos um tempo ideal para que algo se torne um hábito, mas ideal ou não, 21 dias é um ótimo ponto de partida e é aqui que vamos iniciar.

 

– DESAFIO – DOS 5 AOS 15 EM 21 DIAS

O objetivo é simples: incluir um novo hábito em sua rotina por 21 dias seguidos (sem exceção), começando com apenas 5 minutos diários de prática.

-PLANO

Semana 1 – 5 minutos diários de prática
Semana 2 – 10 minutos diários de prática
Semana 3 – 15 minutos diários de prática
Semana 4 em diante – mínimo de 15 minutos diários de prática

Simples, não? Só que não é fácil. E já que o desafio não vai ser fácil, eu quero te dar algumas dicas importantíssimas que vão te ajudar a minimizar as chances de você querer quebrar a sequência de 21 dias.

-FOCO NO HÁBITO

O nosso foco aqui será na aquisição do hábito, e não na prática em si. Em outras palavras, nos primeiros 21 dias não importa muito o que você vai fazer, o que importa é que você faça. Simplesmente faça algo!
Quer estudar inglês? Leia algumas manchetes em inglês na internet, jogue um pouco de Duolingo ou faça uma parte da tarefa do seu curso.
Quer se exercitar? Faça alguns agachamentos leves, alguns abdominais ou dê 1 volta no quarteirão a pé.
Quer ler mais? Pegue qualquer livro na sua estante e leia quantas páginas conseguir no tempo definido. 2 páginas em 5 minutos? Perfeito, objetivo alcançado.
Quer voltar a tocar um instrumento? Toque alguma música que você já conhece e gosta. Não procure desafios nesse momento, faça esse início ser prazeroso e confortável.

-USE UM TIMER

Não confie no seu relógio interno. Use um timer! Está na semana 1? Defina um timer de 5 minutos e respeite-o. Timer tocou, encerre a prática e retome amanhã. “Mas estava tão legal, eu queria fazer mais” pode ser um pensamento recorrente. Lute contra ele. Deixe pra passar do tempo definido a partir da quarta semana do desafio, mas nas 3 primeiras semanas, respeite o seu timer. Ultrapassar o tempo definido vai te fazer boicotar a prática em um dia mais pesado ou corrido, pois seu cérebro vai te forçar a não iniciá-la dizendo que não serão apenas 5 minutos.

-ESQUEÇA O IDEAL

Não existe o ideal no nosso desafio. Não existe o dia ideal, o horário ideal, o clima ideal, o canto dos pássaros ideal. Se você esperar o momento ideal para iniciar a prática, você não vai iniciá-la. Esqueça o ideal, apenas faça algo. Não perca muito tempo escolhendo o livro que você vai começar, nem o site que você vai usar para ler algumas manchetes do dia. Apenas pegue um livro na estante/e-reader ou abra um site/app de notícias qualquer. Deixe para refinar suas escolhas após a quarta semana. Mais uma vez, foque no hábito, na consistência e na regularidade. Deixe a preocupação com o conteúdo da prática em si para o 22º dia em diante.

-NÃO SUBESTIME O PODER DOS 5 MINUTOS

Qual foi a última vez que você dedicou 1 hora inteira do seu dia para, por exemplo, estudar inglês? Agora faça uma conta rápida: pegue o número de dias entre a última vez que você fez isso e o dia de hoje. Agora, multiplique esse número por 5. O resultado será o tempo de estudo que você poderia ter tido se tivesse estudado inglês apenas 5 minutos por dia desde a última vez que você estudou por 1 hora inteira. E aí, esse número será que foi maior ou menor que 60 (minutos)?

Agora é com você. E eu gostaria muito de saber se você, leitor, iniciou o desafio e está conseguindo mantê-lo. Compartilha comigo a sua experiência no bruno@companhiadeidiomas.com.br

Em 1 mês ou menos eu retorno com mais uma dica para ajudar a incorporar um novo hábito à sua rotina.

 

[simple-author-box]