BLOG

29
OUT
15

6 expressões em inglês muito usadas em marketing



 

Sabe quando você está em uma reunião, com todos falando em português, e aquele especialista em marketing digital fala: “Temos que investir em inbound marketing. Uma estratégia é você escrever um ebook com free download, criando uma landing page, com o objetivo de gerar leads.” 

Se você entendeu tudo, parabéns! Se quer entender, este artigo é para você. Veja a seguir 6 expressões em inglês muito importantes para profissionais de marketing:

To run an inbound marketing campaign
Significa conduzir uma campanha de inbound marketing, isto é, aquela que visa conquistar a atenção do target (público alvo) com conteúdo relevante, com informação - e não com promoção de serviços ou produtos. Um blog ou um ebook com temas de interesse do consumidor são exemplos de inbound marketing. Quem escreve ganha credibilidade, quem lê ganha informação.

To create a landing page
Criar uma landing page, literalmente, significa criar uma página de aterrissagem, ou uma página de destino. Por exemplo, se você quer baixar um ebook gratuitamente, é provável que ao clicar em download você tenha de preencher um formulário, ou uma landing page. Se você colocar seus dados, eles disponibilizam o ebook, e captam mais um lead (um contato) de alguém que se interessa pelo tema.

To generate leads
Gerar contatos ou gerar oportunidades. O mais comum é ouvir “gerar leads”. Como vimos no exemplo anterior, ao pedir que o consumidor preencha uma landing page para obter um ebook, a empresa capta mais um lead para sua base.

To retarget
Significa algo como “mirar novamente no alvo". Hoje é possível ver o histórico de navegação de alguém na web. Se um consumidor fez uma busca por passagem aéreas, a empresa pode mirá-lo novamente (no alvo, no target) e impactá-lo com uma comunicação dirigida a esse interesse do consumidor. 

To increase paywall subscribers
Um dos desafios da sua área pode ser aumentar o número de assinantes (subscribers) por paywall. Paywall, ou “muro de pagamento”, nomeia a estratégia de cobrar pelo acesso a conteúdos digitais, como vemos em alguns jornais. O primeiro jornal a cobrar por alguns conteúdos foi o norte-americano The New York Times.

Benchmark reports
São relatórios de avaliação comparativa. Hoje os termos benchmark/benchmarking já estão incorporados nas empresas. Quer dizer, em linhas gerais, observar, interagir e aprender com outras empresas – concorrentes ou não. Fazer benchmarking é sair do ambiente interno, olhar o mundo, interagir com pessoas e trazer inspiração para a sua empresa.

Quer consolidar o que aprendeu? Reveja os termos e pense em marcas que usam essas estratégias. E não se esqueça de ensinar o que aprendeu hoje para alguém.

Escrito por Rosangela Souza. Publicado em 28/10/16 na coluna semanal da Exame.com. Editado por Rosangela Souza para o blog da Companhia de Idiomas.  

Rosangela Souza é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e da ProfCerto. Também é professora de técnicas de comunicação, gestão de pessoas e estratégia no curso de Pós-Graduação ADM da Fundação Getulio Vargas.

E se você quer se aprofundar neste assunto, fale com a gente. A Companhia de Idiomas tem professores que vão até a sua casa ou empresa. Fale com: